Carreira musical: descubra agora como iniciar e alavancar a sua

0

Um músico, que nunca sonhou em ser grande, com toda certeza está mentindo. Quem inicia no meio sempre tem o objetivo de crescer: seja pela fama, dinheiro ou simplesmente para viver daquilo que ama fazer. No entanto, ganhar notoriedade no mundo da música, exclusivamente no rock, não é uma tarefa fácil e construir uma carreira musical é algo complicado.

Assim, para te ajudar, separamos aqui várias dicas para você que deseja alavancar a carreira, e se tornar mais um entre os grandes nomes da música nacional. Confira e boa leitura!

Como planejar uma carreira musical?

Para quem está começando agora e quer viver de música, precisa seguir alguns passos para estruturar a carreira. Um deles é entender que esse ramo precisa ser visto como um negócio – pois requer bastante investimento seja na voz, ou em instrumentos – e não como um hobbie.  Assim, você deve se dedicar de corpo e alma a esse trabalho.

Dito isso, você precisa escolher qual o nicho que deseja trabalhar – de preferência, o que se sente mais confortável – e “fazer acontecer”. 

Use, também, as redes sociais para divulgar o trabalho. Essa dica também vale para músicos que estão no ramo a mais tempo e querem incrementar ainda mais a carreira musical.

Por fim, para os veteranos, sempre procure se reinventar. O mercado está com bastante competitividade e para se manter, inove ao máximo, mas também, não perca a identidade que já foi criada. 

Clique no link abaixo e confira um pouco mais sobre esse tópico:

Planejar a carreira musical – definir critérios importantes

Quais os critérios importantes para o planejamento de uma carreira musical? Bom, o principal deles é migrar para a internet. Atualmente, ainda mais com a pandemia, o mercado musical se concentra nas redes sociais.

Por conta disso, além dos shows, divulgue o trabalho no Facebook, Instagram, Twitter. Dessa forma, você consegue interagir com os fãs diretamente e conseguir tirar um dinheiro.

Para mais detalhes, clique no link abaixo: 

Mercado Musical: o músico precisa ser empreendedor

O músico precisa ser um empreendedor, visto que esse ramo é um negócio, e requer bastante investimento – como dito anteriormente. Você vende a imagem como artista: a voz – caso você seja um cantor solo ou vocalista – ou para quem faz parte de uma banda, a identidade do grupo e a qualidade do som produzido ao tocarem juntos. 

Além disso, viver de música não te impede de trabalhar em outros meios de comunicação, pois eles ajudam no marketing dos projetos e fortalecem a carreira do cantor(a) ou da banda. 

No vídeo abaixo, você confere alguns comentários sobre esse tópico 

Profissionalismo x Artista: como trabalhar com música e levar a sério a carreira

Mesmo que você não tenha música como trabalho principal – pois muitas pessoas tocam para complementar a renda – é necessário adotar uma postura profissional quando está em cima dos palcos, pois muitas pessoas que estão ali presentes, querem curtir o show, e pagaram para isso. 

No vídeo a seguir, você pode entender melhor esse tópico que te ajudará na sua carreira musical:

A diferença de carreiras no mundo da música: Rock VS Sertanejo 

Para cada estilo musical, há uma diferença ao estruturar a carreira, visto que os nichos são diferentes e o marketing precisa ser de acordo com a proposta do cantor ou banda, para atingir o público desejado. 

O vídeo a seguir, mostra diversos músicos comparando os estilos rock e sertanejo: sobre a união dos grupos sertanejos no mundo da música, o financiamento de ambos os gêneros e muito mais! Confira: 

Invista em covers

Dentro do meio musical, a maneira mais fácil e rápida de conseguir público, é através dos covers. Nem todo mundo está aberto a ouvir algo novo, mas escutar uma versão diferente daquele som que tanto se ama, te abre um leque de opções para conhecer outros artistas. 

Por isso, escolha o estilo musical que você mais se identifique, e comece a gravar alguns covers bacanas.

Dessa forma, começará a ganhar público e atenção de pessoas que também se identificam com esse tipo de som. E quando começar a produzir músicas autorais, já vai ter com quem compartilhar e isso te ajudará a crescer e ter uma carreira musical mais forte.

Acredite no poder da internet

Dentre todos os tópicos abordados, a Internet foi citada na maioria deles, seja como uma forma de divulgação do trabalho, descobrir qual o público o músico quer trabalhar ou como ela tem ajudado diversos artistas a alavancar a carreira musical.

Muitos dos grandes nomes, que dominam o mercado musical atualmente, surgiram na Internet, e o principais responsáveis por isso são as redes sociais – principalmente Instagram e Facebook – e as plataformas digitais – como Youtube e Spotify. 

Desse modo, uma dica bacana é investir em uma identidade visual, de acordo com seu nicho musical. Poste fotos e vídeos com alta qualidade, que atraiam o público. Assim, você conseguirá manter uma imagem profissional, o que já traz credibilidade ao trabalho e ajuda na sua carreira musical.

Além disso, também procure se manter sempre bem engajado em todas as plataformas: vídeos no YouTube chamam bastante atenção do algoritmo quando postados com frequência. Também faça stories avisando sobre os novos conteúdos criados. Dessa forma, consegue-se linkar todas as redes, de modo que elas cresçam juntas e atinjam bons resultados.

Entre em contato com as casas de show da sua cidade

Nada melhor para divulgar o trabalho de um músico do que os shows. Eles são uma verdadeira vitrine, pois mostram tudo que você tem a oferecer: o som e a presença de palco ao público.

Sendo assim, para conseguir locais de apresentação, entre em contato diretamente com as casas de show locais. Envie mensagens através das redes sociais e, principalmente, frequente-as à noite.

Com isso, pode-se fazer amizade com os produtos e organizadores, além de ter a oportunidade de mostrar seu trabalho e crescer a sua carreira musical.

Uma dica bacana também é frequentar karaokês. Lá, muitas vezes pode-se esbarrar com alguém importante que pode ajudar sua carreira.

Mostre seu trabalho para as gravadoras

Não há nada que faça uma carreira musical alavancar do que um contrato com uma produtora, pois através dele, se ganha investimento em gravações profissionais, videoclipes e marketing em todas as plataformas.

Produtor e Empresário: qual a diferença entre eles?

O empresário é quem “banca o jogo”. Eles são responsáveis por fazer o agenciamento da carreira de músicos, cantores, bandas e grupos em geral. Já o produtor, organiza músicos e cantores, escolhe o estúdio e define o melhor equipamento a ser utilizado. Além disso, propõe ideias, avalia o artista e comercializa shows. 

A seguir, veja a opinião de diversos músicos em relação a produtores e empresários, principalmente no cenário de BH e outras cidades do estado de Minas Gerais.

O que é mais importante para a carreira de músico?

O público é a parte mais importante da carreira musical de um artista, pois é ele quem compra os ingressos para os shows, te ajudam na divulgação do trabalho nas redes sociais, dão views nos videoclipes no Youtube, e stream nas músicas postadas em outras plataformas digitais. 

Mas além disso, é o público que mantém o músico – e não só de uma forma financeira. O carinho, ver outras pessoas cantando as músicas que você compôs, a energia que eles trazem nos shows… não tem preço!

Acompanhe a visão de alguns artistas sobre esse tópico no link abaixo:

Com base nisso, procure sempre enviar trabalho (nesse caso, preferencialmente autoral) para os produtores e perfis de gravadoras. Com sorte, alguém gostará do que você está mostrando e entrará em contato para saber mais e ajudará na sua carreira musical.

Sabendo de tudo isso, com toda a certeza fica fácil montar um plano de crescimento para a sua carreira musical. Sendo assim, anote todas essas dicas e prepare-se para o sucesso!

Aproveite também, para conferir o vídeo abaixo para ficar por dentro de todos os assuntos abordados nesse texto:

https://www.youtube.com/watch?v=CP3thQhJyC8

Compartilhar.

Sobre o Autor

Amante do estilo rock n' roll, tem experiência com o estilo e bandas. Procura fomentar o movimento através do Rock in BH, oferecendo um conteúdo de qualidade para pessoas do ramo, apaixonadas por rock, e para aquelas que estão em busca do conhecimento do rock n' roll. Desenvolvedor de sistemas e jogador de futebol americano. Casado e feliz com a Nathalia Martins.